Bom dia!

E bem-vindo ao Café com Anime! O projeto no qual eu, o Vinícius Marino do Finisgeekis, o Gato de Ulthar do Dissidência Pop, e o Diego do É Só Um Desenho conversamos sobre os episódios de alguns animes e publicamos artigos transcrevendo nossos bate-papos.

Nessa temporada, o Dissidência Pop está publicando nossos bate-papos sobre Mahou Shoujo Site, o Finisgeekis continua publicando os bate-papos de Sakura Cardcaptor: Clear Card, o É Só Um Desenho publica os bate-papos de Sword Art Online Alternative: Gun Gale Online e Legend of The Galactic Heroes: Die Neue These, e o Anime21 publica os bate-papos de Hisone to Masotan!

Veja a seguir o que achamos sobre o episódio 2!

Fábio "Mexicano":
Já sabíamos que cedo ou tarde viria, mas talvez não esperássemos que fosse tão cedo! Aí está, a triste história de vida da Nao, a esquentadinha. Particularmente gostei de como o anime contou sem contar qual é o problema dela: vive à sombra da mãe, que parece ter feito alguma fama na base e agora … vai saber onde ela está.

Ah, mas a maior questão do episódio é: POR QUE VOCÊ FOI PARA AS CANÁRIAS QUANDO EU AINDA ESTAVA EM SAINT-TROPEZ???

Vinícius Marino:
Pergunta melhor: por que alguém largaria Saint-Tropez, com seu vinho rosé maravilhoso, frutos do mar, paisagens como essa?Err… ok, sei que estou desvirtuando. Mas poxa, se Hisomaso não é o anime que nos induz a isso. Que coisa mais gostosa de assistir! Do opening à prévia do próximo episódio me deixou com um sorriso abobalhado na cara.

E nem vou falar em como ri com a epifania da flora intestinal! Que tipo de retardada olha prum pote de Activia e tira daí uma lição de vida para consertar as relações com a rival? Hisone, claro!

Melhor anime da temporada de longe. Só me resta agradecer ao Fábio por tê-lo escolhido para esse Café!

Fábio "Mexicano":
(Eu preciso acertar de vez em quando…)
Vinícius Marino:
Kujira foi um inferno. Violet, um purgatório, e com Hisomaso você finalmente chegou no paraíso. Fábio é o verdadeiro Dante galgando o pós-morte n’A Divina Comédia 😂
Diego:
De fato, foi um episódio bem gostoso de assistir! Eu vou dizer que eu não realmente me importo com a Nao o tanto que o anime espera que eu me importe, e o complexo dela não realmente desculpa ela ter sido uma babaca pela maior parte do episódio… Mas tudo bem, pelo menos o anime decidiu resolver logo de uma vez isso e fazer ela fazer as pazes com a Hisone de uma vez, então ao menos devemos ter deixado o seu lado pior para trás de agora em diante.

O final do episódio foi também bem interessante, com aparentemente havendo algo de especial na Hisone, por ter conseguido ler o nome verdadeiro to Masotan. Fico curioso para saber onde isso vai dar.

E melhor encerramento da temporada, simples assim 😃 kkkkk

Fábio "Mexicano":
Isso dela ter conseguido ler me encucou também, aqueles ideogramas parecem versões muito antigas dos kanjis!
Gato de Ulthar:
Que anime delicioso de assistir. Todo mundo falou antes de mim, e só me resta dar mais uma opinião favorável ao anime. A Hisone continua hilária com seus comentários fora de hora! E gostei do drama formado com a esquentadinha, me pareceu super verossímil a inveja contida em virtude dela não ter conseguido pilotar o dragão e não ter correspondido as expectativas tão grandes geradas pela fama de sua mãe. As tentativas dela em ferrar a Hisone foram muito divertidas. O estilista também se mostrou um personagem capaz de proporcionar ótimas risadas.

E a cereja do bolo foi sem dúvidas o encerramento! Que coisa maravilhosa! Fiquei viciado em France Gall! Nada como um belo pop francês dos anos cinquenta!

Fábio "Mexicano":
Que diferença da Hisone desse episódio para o anterior, não é? A característica dela na estreia era ficar calada, guardando tudo para si mesma, tanto que o clímax do episódio foi quando ela explodiu e falou tudo o que tinha ficado segurando o episódio inteiro. Nesse episódio, não, ela fala até demais. É uma bocuda tagarela, que em cada situação que tem oportunidade desanda a falar um monte. O problema é que ela aprendeu a falar, mas ainda não aprendeu a escutar. Foi por isso que ela machucou a Nao e o Masotan naquela cena bizarra em que ela achou que o iogurte vencido tinha algum significado profundo.
Diego:
Mesmo no episódio passado ela era uma bocuda, mas falava baixo e ninguém prestava atenção. Dai ela “explodir” no final. Aqui ela ainda costuma falar baixo, mas todo mundo agora ta ouvindo.
Vinícius Marino:
Eu não me incomodo com o fato da Nao ser uma escrota, e acho que isso é prova da qualidade da personagem. Ela é tão… honesta na sua escrotice, tão infeliz nas suas tentativas zoadas de passar a perna na Hisone que chega a ser meiga. É uma versão feminina (e animesca) do Dick Vigarista. Mesmo que não tenha uma grande redenção catártica à la Mari Okada até o final do anime, eu já me darei por satisfeito.

E falando na segunda piloto do OTF, vocês viram que o ending (e o opening) nos mostraram várias outras pilotos, não é?

Gato de Ulthar:
Pois é, teremos um grande elenco de pilotos, pelos menos mais tês além das que já conhecemos.
Diego:
Eu só peço pra que não façam da mais “horizontalmente longa” uma piada de como ela passa o tempo comendo… Tenho esperanças de que não será o caso, mas anime tem um histórico chato nesse sentido…
Fábio "Mexicano":
Eu não aposto um centavo furado que não farão de todos os personagens que puderem piada, de alguma forma 😛 E agora que a valentona amoleceu para a Hisone é a hora certa para apresentar as demais pilotas, não é? Aposto que a Nao vai continuar servindo como alívio cômico em alguns momentos, do jeito dela (e me deixar morrendo de pena quando ela tenta chamar atenção do estilista e é sumariamente ignorada), mas precisamos de piadas novas! Digo, de personagens e conflitos novos! 😃
Gato de Ulthar:
Não quero que Hisone se segure nas piadas, foda-se o politicamente correto. E por favor, não quero que a Nao mude o seu jeito, suas trapalhadas são hilárias!
Fábio "Mexicano":
Ela provavelmente não vai mudar, só vai deixar de ser hostil com a Hisone
Gato de Ulthar:
Hostil ela ainda vai ser, só não vai mais odiá-la mortalmente.
Fábio "Mexicano":
Acho que não, ela vai ser zoeira só
Vinícius Marino:
Acho que o estilista é um bom indicativo de que a série mandou o politicamente correto ao espaço 😀
Diego:
Nem é uma questão de politicamente correto, só não gosto de personagens de uma piada só mesmo.
Vinícius Marino:
Não acho que será o caso. Espero mais da Mari Okada. Mas mesmo se for, poderia funcionar se tivéssemos personagens suficientes. Sayonara Zetsubou Sensei é hilário
Fábio "Mexicano":
Se só a Hisone for ter um arco de desenvolvimento de personagem verdadeiro, com no máximo um episódio ou outro para as demais, como foi esse segundo para a Nao, é possível que todas as coadjuvantes sejam personagens de uma piada só. Sabendo fazer a comédia acontecer, funciona muito bem.
Diego:
Gekkan Shoujo Nozaki-kun me deixou com trauma de personagens de uma piada só 😛 É horrível quando todo o seu elenco é tão ridiculamente unidimensional. Parece divertido nos primeiros episódios, mas do primeiro pro final fica só irritante.
Fábio "Mexicano":
Nossa, adoro Nozaki-kun, sério ❤
Fábio "Mexicano":
Mas bom, isso é um drama da Mari Okada apesar de tudo, então pelo menos a protagonista deve ter um arco de personagem completo. Com lágrimas, talvez (provavelmente?). Não vai ser só comédia, acho que você pode ficar tranquilo.
Gato de Ulthar:
Se tem Mari Okada, terá chororô, essa é uma lei universal.
Fábio "Mexicano":
Sabe que estou pensando se vai mesmo ser o caso? Então vamos com essa pra finalizar:

A Mari Okada é famosa (ou infame, dependendo do seu gosto) por escrever histórias melodramáticas. Claro que um roteirista não decide tudo sozinho, e há casos em que ela tem mais liberdade (Anohana) ou menos liberdade (Gundam: Iron-blooded Orphans). Mesmo assim, a fama se mantém: Mari Okada faz chorar.

Acham que vai ser o caso de Hisone to Masotan? Eu estou com impressão que vai ser mais comédia/slice of life, cute girls piloting cute dragons, se vocês quiserem. A protagonista não parece ter nenhum drama muito forte em seu horizonte, e não é esperta ou empática o suficiente para nos emocionar conforme ela sofre pelos dramas alheios. Claro que estamos apenas no segundo episódio e posso estar com a impressão errada.

O que acham?

Diego:
Acho que se tiver algum chororô, será depois da metade do anime.
Vinícius Marino:
Já que estamos falando de um assunto “meta”, acho que vale a pena mencionar duas coisas.

A primeira é que a Mari Okada se tornou uma verdadeira celebridade. Animes com a sua “cara” se tornaram grandes sucessos de público e crítica. Como tal, ela tem tido um destaque muito maior nas obras que participa que outros roteiristas.

A segunda é que ela recentemente se alçou ao posto de diretora com o filme Maquia, que tem sido muito bem avaliado. Na minha opinião, isso sugere que ela está muito mais madura, confiante e refinada que na época de alguns de seus chororôs mais insossos (quem se lembra de True Tears?)

Claro, ela é bem hit or miss e fez muita coisa ruim recentemente. Mas isso é sintoma de quem experimenta muito. Meu ponto é que confio o suficientemente nela para acreditar que encontrará um equilíbrio entre o dramalhão e a substância.

Gato de Ulthar:
Fico com a opinião do Diego, provavelmente Hisone seguirá uma linha em que serão apresentadas as novas personagens com um ou outro drama pessoal de pequena escala, até culminar em algo mais sério e mais longo ao final do anime. E isso não é ruim, se Hisone fizer isso tudo direitinho, será um dos melhores animes de 2018.
Fábio "Mexicano":
Parece que na média ainda estamos esperando por algum drama, então? Vamos ver. Até a próxima!

Discussão