Eu terei que pedir desculpas outra vez por causa do primeiro episódio. Na época da minha faculdade, apenas aprendemos como era escrito “células T citotóxicas” em português, não em inglês também. Em inglês ela se chama “Killer T Cell”, e como está escrito KILL em seu boné, pensei: “MEU DEUS! JÁ APARECERAM AS CÉLULAS NATURAL KILLERS?!”. E eu tive que comentar isso com uma amiga minha que também fez Biomedicina e hoje faz doutorado com um projeto sobre raio-x nas células, e ela também comentou: “NOSSA, EU TAMBÉM PENSEI QUE ERAM AS CÉLULAS NK!”. E, com isso, aprendemos que nem sempre as faculdades nos ensinam essas coisas, e sim você tem que pesquisar por si próprio alguns termos, como por exemplo: eu aprendi que CHICKEN POX é a CATAPORA ou VARICELA sozinha, então, pessoal, pesquise sempre!

Outra coisa, mas nada a ver com pesquisa desta vez. Você já percebeu que a abertura mudou de um jeito meio que inesperado? Bom, acho que é meio difícil não ter percebido uma mudança tão drástica, mas quem está cantando desta vez são: a Célula T Citotóxica principal e a Macrófago. A música toda fala sobre o papel de certas células no corpo humano, então com certeza tem detalhes a mais sobre isso, formando a segunda parte da música. Como o anime está quase acabando (snif) acho que nada mais justo do que apresentar mais algumas tarefas.

E outra coisa que eu gostaria de escrever antes de entrar no artigo em si (MAS MEU DEUS, PARA DE ESCREVER): acho que a célula Dendrítica é shotacon. Nada mais a declarar.

Quem iria imaginar que nosso corpo possui um exército super preparado? Eu já sabia que existia, porém a forma que o anime mostra isso é extraordinária. Desde seu surgimento, as células T virgens sofrem até se tornar células T efetoras, para aí sim conseguirem derrotar alguns inimigos. No artigo do terceiro episódio, coloquei as informações de maneira mais completa e didática para saberem como elas se desenvolvem. E assim, podem ser formadas três tipos de células T (ou Linfócitos T):

Célula T citotóxica: este tipo celular é muito importante para a defesa imunológica contra vários tipos de patógenos e fica em estado de vigília na formação de tumores. Também é responsável por ser a última linha de defesa da resposta imune adaptativa, que vem logo após a resposta imune inata, a qual expliquei sobre no primeiro artigo do anime. A RIA (Resposta Imune Adaptativa) se divide em: imunidade humoral, que pode ser transmitida pelo plasma e pelo soro e são encontrados 5 tipos de imunoglobulinas: IgG (importante para tipos de imunodeficiências e mielomas), IgA (protege o organismo de invasão viral ou bacteriana), IgM (ela é a primeira que entra em contato com o sistema imunológico), IgD (não tem função definida) e IgE (importante para combate de helmintos e reações alérgicas); e imunidade celular (a qual as moléculas de reconhecimento ficam aderidas à membrana dos Linfócitos T).

Célula T auxiliar: tem como papel principal manter a resposta imune adaptativa, secretando citocinas e quimiocinas e recrutando células para a resposta contra antígenos, e isso inclui o recrutamento das células T citotóxicas. Os detalhes sobre os recrutamentos são muito complexos, mas se estiverem interessados, o link que marquei logo acima possui todas as explicações necessárias.

Célula T reguladora: ela regula a resposta imune, inibe a ativação, a proliferação e a formação de citocina das células T, assim como também da célula B e sua produção de anticorpos, e inibe a função citotóxica das células NK; também inibe a função e a maturação das células dendríticas. A célula T regulatória libera citocinas anti-inflamatórias, diminuindo a inflamação. Todas as informações necessárias sobre este tipo celular você encontra nesta matéria.

O episódio se inicia com uma confusão que poderia ser contornada se o Célula T Citotóxica principal não fosse tão bruto com os seus alunos. Para acalmar um poucos os nervos, a Célula Dendrítica, que é responsável pela ativação da resposta imune adaptativa através da apresentação de antígenos para outras células imunológicas, mostra outra vez o seu álbum para as células T virgens. Eu coloquei aquela frase como ele sendo um shotacon porque a quantidade de fotos que ele tirou foi enorme. Talvez sejam aquelas fotos do tipo “tirei trinta só para garantir”, mas ainda acho que é muito fanatismo. Ou talvez seja porque ele queria ver como todos estavam se desenvolvendo. O seu envolvimento na maturação deles é importante, claro, mas chega de fotos!

E como eu já escrevi antes, as células T são originadas na medula óssea e são maturadas no timo, para aí sim serem enviadas para a corrente sanguínea e exercerem o seu papel. Todos esse linfócitos T foram treinados pela célula epitelial do timo, que são células não-linfóides que promove a migração e a diferenciação das células T. O treinamento de todos foi pesado, mas muito inteligente, o que exigiu destreza e movimentos rápidos. Além do que, todos se desenvolveram juntos, então já conhecem as artimanhas e os objetivos de cada um. Principalmente por conta de noites de treino secreto e frases de motivação.

Acabou que as Células T Citotóxica e Auxiliar, que faziam tanta picuinha uma com a outra, se ajudaram, e conseguiram ser o que são hoje. A Célula T Reguladora também conseguiu ser super importante no final das contas, e acredito que, dentre as três, ela é a que tem o papel mais importante. Além do mais, a Célula Dendrítica ajudou várias células, mostrando o seu lado já esperado: o de shotacon.

O passado pode condenar até mesmo as células.

Muito obrigada por quem acompanhou este artigo até o final. Nos vemos no próximo! o/

  1. Avatar

    Olááá Peoples!!!! E a Fessora Tamao mais uma vez destruindo na aula!!! Eu não perco uma (apesar de ter dito que bio não e minha praia…) Mas não tem como dizer que: por causa, desse anime não me canso de admirar o nosso corpo humano…. È simplesmente assombroso o fato de duas celulas (um espermatozoide e um ovulo) iniciar uma complexidade monstro que é onde está a alma de um James AGORA!!!
    Dá até vontade de dedicar uma prece a todas as celulazinhas (plaquetinhas e globulos vermelhos) e as celulazonas (tipo rambo style, por favor, continuem matando bacterias, virus e copiazinhas mal feitas não tenham pena não!) por manter este aqui que vos escreve…Escrevendo…
    E o que mais admira ainda, é que todo o conhecimento produzido de fato de tudo o que a Tamao Chan divide de conhecimento (com louvor diga-se) é recentissimo. Praticamente, o que…Uns cem anos…Quando a microscopia realmente mostrou estas estruturinhas fofinhas para o mundo e a ciência. O Timo, só para constar, só teve a sua função desvendada no sistema imunologico em 1961! (O doutor que descobriu ainda está nesse mundo dos vivos! Salut M. Docteur Jacques Miller!!!)
    E há muito a descobrir ainda! Como por exemplo que Hataraku Saibou…

    ….Não é uma ideia original! (Calma, não é uma critica…)….E que em 1987 houve uma outra seria animada francesa chamada “Once Upon a Time… Life” que tem muitas semelhanças, uma delas é a narradora que explica o que cada celula é e o que faz no corpo humano e a primeira cena em todos os episodios um sistema circulatorio humano….E elas param por aí….Logico que HS é muuuiiiitto melhor pelo humor, cenários, analogias e outras coisas mais…

    Bem acho que vou por minhas 37,2 trilhoes de celulazinhas fofinhas (e as hard core tambem) para dormir. Uma boa noite celular para todos!

Comentários