Estamos recrutando redatores, clique aqui e se candidate, vagas limitadas!

Ou: Re:Creators – Um Fate de personagens. Para quem não identificou a referência, ‘Fate’ é de Fate Stay Night – ou Fate Zero. De maneira resumida, o enredo de Fate trata sobre uma guerra entre 7 magos pelo Santo Graal que supostamente pode realizar qualquer desejo. Eis que, para lutarem em seu nome, os magos invocam 7 respectivas figuras lendárias ou heróis da história. Mesmo que você não tenha assistido ou não conheça Fate, creio que já deu para identificar alguma semelhança com Re:Creators. Não? Ok. Guenta aí então.


Anime21 Diário

Informe o seu e-mail para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Fate Stay/Night Unlimited Blade Works – Imagem de divulgação

Aproveitando, deixa eu perguntar: quem nunca viu um anime ou uma série que o personagem vai parar em outro mundo? Incluindo pessoinhas indo para mundos mágicos, realidade virtual, jogos e afins. Nunca viu? Posso citar uns nomes caso se interesse: Tsubasa Chronicles, Madoka, Black Rock Shooter, HunterxHunter, Hack, Seikon no Qwaser, Ragnarok Online, Zero no Tsukaima e muito outros. (Isso porque a maioria dos que citei são mais velhinhos, tenho certeza que ainda existem muitos outros mais recentes).

Agora, vamos juntar esses dois elementos: Invocar espíritos heróicos e personagens indo parar em realidades que não são a sua. Pronto, some ambos e temos a base para Re:Creators. Claro, uma “novidade” é que, diferente dos mais comuns – em que alguém vai parar em um universo mágico ou é arrastado para outra realidade – dessa vez os personagens do mundo da fantasia que são trazidos para a realidade do protagonista. (E, cara, não dá pra não lembrar de Digimon agora rs). Entendeu agora o porque achei tão parecido com Fate? (Acho que ser mais clara é impossível).

Entretanto, apesar de não ser nada que me surpreenda, quero ver como a trama será trabalhada. Afinal, quem nunca imaginou como seria ter seu personagem preferido ali com você? Comendo com você, interagindo com você, dormindo com você… ( ಠ ͜ʖ ಠ) Cofcof, enfim. Acho que deu pra pegar o ponto.

Eis que, creio que ele tem motivos para se tornar um anime legal. Mesmo com o protagonista chato e mimimi, todo sem graça. É, não curto de jeito nenhum personagem assim. A moça que ele “invocou” também não me chamou muito atenção – ela tem o carisma esperado e tals, maaas… sou chata. Admito e repito: sou muito chata. Especialmente com protagonistas. Porém, adoro antagonistas – ou seja, o serzinho que causa. E logo de cara simpatizei com a antagonista.

Re:Creators – Imagem de divulgação

Achei um tanto precipitado a reação da protagonista lá em relação a ela. E, bem, o protagonista não faz muita coisa. Mimi, não gosto de protagonistas. Vamos esperar para ver o que acontece~ ╮(︶▽︶)╭

O que posso adiantar, na verdade, minhas apostas: uma trilha sonora diva e cenas de luta empolgantes.

No mais, até a próxima segunda!

Kissus

Comentários