Olá, pessoal! Sejam bem-vindos a mais três jogos, onde o protagonista pensa mais nos contratos dos jogadores que no jogador em si. Mas também, se ele não fosse assim, o nome do anime não seria Gurazeni(Dinheiro no Campo), e sim teria outro nome qualquer, assim como os diversos outros animes de beisebol que temos.

Essa pegada diferente é o que está me animando a assistir, embora eu já adore animes de esportes. Mas pensar o quanto o jogador que está na frente do protagonista ganha deve dar uma aflição a ele, principalmente aqueles que ganham astronomicamente mais que 18 milhões por ano. Até mesmo quem ganha a mesma quantidade dá bastante aperto no coração.

E, pelo que entendi do anime, primeiro ele apresenta um pouco sobre as coisas que passam na mente do protagonista, e depois juntam isso ao que qualquer outro amigo ou jogador do mesmo time que Bonda está passando, e é bastante interessante, pois não se foca em apenas um, mas também em vários outros personagens da obra.

O que acontece quando temos ciência do quanto o jogador na nossa frente ganha? Olha, sinceramente, eu não faço a menor ideia, pois nunca pensei nisso em competição alguma, mas Bonda me pareceu bastante aflito em algumas partes. Também somos apresentados às médias de rebatidas de cada rebatedor apresentado no time adversário. O primeiro possuía uma média de .400(“quatrocentos”, não “ponto quatrocentos” ou algo assim), o que o qualifica como um bom rebatedor, porém, como atualmente o seu contrato é de 10 milhões de ienes por ano, o protagonista se sentiu totalmente confiante, mandando-o para fora do jogo (temporariamente, claro).

O problema foram os próximos jogadores. Ele sabia perfeitamente que o segundo jogador tinha uma média de.210 rebatidas, mas saber que um ganhava 30 milhões meio que o deixou bem nervoso. Conseguiu dar uma corrida para o time adversário por causa disso. A primeira parte do episódio se trata dessa confusão mental que Bonda tem quando encontra alguém cujo valor do contrato é um pouco ou astronomicamente maior que o dele. No primeiro episódio, lembro-me que teve um jogador cujo qual ele conseguiu mandar para fora do campo e que ganhava bem mais que seu próprio contrato, porém naquela época acredito que estava bem mais confiante.

Encarando a verdade, e depois com adicional de corridas de 100 metros.

Até mesmo na segunda partida mostrada ele se perdeu um pouco nos seus arremessos e conseguiu render pontos para o jogador adversário porque pensou demais que um ganhava 500 mil a mais que ele e o outro a mesma quantidade. Esse tipo de coisa atrapalha bastante o rendimento, e o treinador até mesmo disse no início do episódio que isso era um problema que ele tem, e que percebeu há bastante tempo.

Mas a segunda parte do anime foi bem mais focada em outro amigo de Bonda. Primeiro, fomos apresentados ao comentador de beisebol que obteve sucesso na carreira após apresentar tudo o que sabia sobre o protagonista e acertando nas previsões. Desta vez, temos o arremessador titular do time: Akira. Ele considera Bonda como um bom amigo, assim como o protagonista, mas 90% do tempo ambos falam sobre trabalho enquanto estão juntos. O único problema de Akira é: ele não conseguiu parar nenhuma corrida dos times adversários até hoje, mesmo que seja o titular do Spiders.

Bebendo bons drinques e falando mal dos técnicos. Bem, isso é trabalho também.

Bonda sente isso e, bem, tenta ajudar o amigo da melhor forma que conseguiu na hora do jogo seguinte, o mostrado durante o episódio. Como Akira não conseguiu ir bem nas seis entradas em que esteve, o técnico mudou para o protagonista. O Spiders conseguiu duas corridas assim que o Bonda entrou, demonstrando que ele fica tranquilo dependendo de cada situação, e acho que ele só não deu nenhuma corrida ao adversário porque queria muito ajudar o amigo em qualquer circunstância. Até mesmo conseguiram uma corrida extra, mas sem corridas para o adversário.

A felicidade de alguém que não vê uma corrida no jogo há um tempão.

Como eles estavam cumprindo as nove entradas, nada mais justo que colocar um fechador. Mas o que diabos é isso? É o cara que decide o destino do jogo. Ele foi devidamente treinado para tal, o que o faz muito importante já que, se o time perder, a culpa sobrecarrega toda em cima dele. Mas não foi isso o que aconteceu. Apesar do time adversário ter conseguido 4 corridas, o que pode tê-lo deixado bem arrasado, já que é um arremessador crucial, o Spiders conseguiu mais uma corrida, vencendo o jogo.

E ELES GANHAM O JOGO!

O episódio, na minha opinião, foi muito bom, e essa pegada de colocar o dinheiro do adversário acima de tudo é realmente um diferencial. Será que Bonda vai deixar de lado essa sua mania e deixar de se preocupar tanto com isso a ponto de ceder corridas ao adversário? E o que será apresentado sobre o próximo companheiro de time dele? Vamos conferir no próximo episódio!

Discussão