Bom dia!

Pensei muito e decidi que vou, sim, cobrir Cop Craft. É tão lamentável a distância entre o que esse anime poderia ter sido e o que ele é que eu quase desisti, mas aqui estamos.

Certamente nunca esteve destinado a se tornar um marco artístico-cultural, mas poderia sim ser muito divertido e interessante se tivesse recebido uma produção tecnicamente competente.

Se anime é desenho animado (e é), então Cop Craft é um desenho desanimado.

Ler o artigo →

Todos querem se relacionar com alguém, seja por benefício próprio, seja porque quer viver de uma forma diferente, ou algo que o valha. Apesar deste anime apresentar diversas situações aleatórias todos os episódios, cada um deles se foca em uma personagem diferente. Desta vez, ele se focou em Majime (Nino), que por algum motivo está super interessada na Robô (Shiori).

Na verdade, o motivo é conhecido: ela percebeu que até mesmo pessoas sem expressão como a Robô se divertem de alguma forma, e a pessoa que a faz “rir” (porque ela não ri, apenas muda a conformação da boca e faz um barulho parecendo de risada) é a Tanaka, a Idiota.

E claro que Majime vai tirar proveito disso por conta de sua curiosidade perante à Robô e vai fazer anotações sobre a rotina de Tanaka e o que ela fala para conseguir ter um “papo legal” com a garota. O que Nino não imaginou é que tudo, de certa forma, iria por água abaixo por conta da mente imperativa da Idiota.

Ler o artigo →

Cá estou eu e trouxe comigo a primeira análise da última estreia da temporada: Try Knights! A proposta de retratar mais uma vez o rugby me atraiu, principalmente depois de ter assistido a All Out e ter descoberto alguns pontos que poderiam beneficiar o rendimento da obra. Considerando o que mostrou, será que ela tem potencial para ser bem sucedida, como um dos poucos representantes esportivos da temporada?

Ler o artigo →

Existe uma linha tênue entre erotismo e pornografia. Muitos confundem e acabam classificando como a mesma coisa apesar das diferenças. Nessa lista, eu irei apresentar alguns mangás adultos que sim, contém erotismo ao mesmo tempo que tem sim uma história (ainda que em alguns ela seja bem fraquinha). E foi difícil fazer essa lista pois quis selecionar mangás que tivessem uma história que chamasse a atenção positivamente de alguma forma. 

Ler o artigo →