Hanebado! é um anime de esporte produzido pelo estúdio LidenFilms e possui 13 episódios. A obra trata sobre um esporte pouco conhecido em nosso país, o badminton. Com um show de imagens bem animadas, dramas e uma bela apresentação sobre o esporte, Hanebado se mostrou uma ótima opção de anime para acompanhar na temporada passada. Vale destacar que a obra possui um realismo em relação ao esporte e as partidas, um ponto de destaque muito positivo da obra.

Ler o artigo →

Existem animes que podem não ser a melhor coisa que vimos ou veremos em nossas vidas mas ainda assim podem nos marcar de forma sem igual. Hanebado! é uma dessas obras, ao menos para mim. Talvez não seja o melhor anime de esporte que eu tenha visto esse ano ou nos últimos anos mas foi o único que me causou tantas emoções que apenas uma partida real poderia me proporcionar. Haikyuu me deixava tenso em algumas partidas e Ballroom me fez despertar um interesse por dança de salão mas, Hanebado! fez muito mais. Eu fiquei nervoso, aliviado, tenso, queria de alguma forma estar ali naquele ginásio para poder expressar minha torcida e no fim, fiquei muito feliz com os resultados.

Lembrando que semana que vem teremos a resenha completa da obra!

Ler o artigo →

Que episódio maravilhoso. Que partida memorável. E que duelo denso está sendo essa partida final. Dois opostos, dois extremos e duas pessoas que estão sacrificando-se em prol de seu objetivo. De um lado temos Ayano dando o seu máximo e correndo o risco de ter seu emocional ainda mais abalado, enquanto que Aragaki arrisca seu físico e uma possível carreira no esporte. Preços altos demais para uma simples partida mas que no fim, são necessários para a conquista de objetivos que não podem esperar nem mais um dia. E nesse confronto parelho, Ayano conseguirá se recuperar após tanta torcida ou ela simplesmente sucumbirá perante sua adversária?

Ler o artigo →

Após uma semana fora, Hanebado voltou e nos trouxe o antepenúltimo episódio. Diferente dos anteriores, vimos um pouco mais da Uchika e sua personalidade, Ayano e seu regresso e o melhor disso tudo, Aragaki e seu progresso. É interessante pensar que a protagonista regrediu e muito durante esses episódios e aquela que por muitas vezes foi jogada para escanteio, progrediu e vem carregando a série sozinha (sem contar com os personagens secundários). Sinceramente não me recordo de ter visto algo tão estranho e talvez até mesmo bizarro em relação a um protagonista.

Ler o artigo →

Um derrota humilhante que mudou sua vida e o abandono de sua figura materna e aparentemente a única que ainda restava (tirando os avós). Hanebado não costuma pegar leve com suas protagonistas e parece gostar de trazer eventos desagradáveis. E apesar da expectativa ser relativamente grande por algo interessante em relação a tais eventos, fomos tapeados pela segunda vez (com a expectativa de ter uma terceira vez). E se por um lado o episódio fugiu desses eventos, por outro ele esclareceu e resolveu outra questão pendente, os jogos dos garotos.

Ler o artigo →

Hanebado é um ótimo anime de esporte. Às vezes exagera com o excesso de drama mas no geral tem nos entregado algo muito interessante e bonito visualmente. Porém, nem tudo são flores e a obra parece ter uma mania bem chata: transformar todos os personagens ruins em bons, ou seja, primeiro eles aparecem tendo atitudes bem negativas e depois, se tornam bonzinhos, fofos e afins. Isso é extremamente irritante porque me faz pensar que eles são legais e no fim, todos os personagens serão amiguinhos que jogam badminton juntos.

Ler o artigo →

Hanebado! desde o início nos apresentou uma qualidade na animação tão grande que deixaria qualquer um animado. Porém, não só de animação vive uma ótima obra e essa aqui tem mostrado suas outras qualidades. Uma delas é o realismo que vemos nas partidas, nas ocorrências que acontecem com os personagens e por aí vai. E apesar do resultado final, a satisfação pelo conjunto é muito grande.

Ler o artigo →

Como você sabe (ou vai ficar sabendo agora), quase todos os animes lançados nas temporadas tem uma fonte original. Alguns vieram de mangás, outros vieram de light novels, games ou até mesmo de visual novels. Há exceções, é claro, temos alguns animes originais nessa temporada (como Shoujo Kageki Revue Starlight e Sirius the Jaeger) e esse artigo tem como finalidade mostrar alguns dos animes da temporada de julho de 2018 que tem versão em mangá, seja original, seja como só mais uma adaptação de outra mídia.

Ler o artigo →