Light novels são os famosos livros japoneses que têm uma relação íntima com os animes e mangás tanto por serem adaptados para outras mídias, quanto por serem adaptações destas. Se você deseja adentrar nesse território ainda pouco conhecido para a maioria dos otakus brasileiros, uma lista com indicações de boas obras por onde começar viria a calhar, não é mesmo? Sendo assim, pode descer a página e começar a desbravar o universo das light novels!

 

Re:Zero Kara Hajimeru Isekai Seikatsu

Em Re:Zero acompanhamos Natsuki Subaru, garoto que acabou indo parar em outro mundo e nele descobre que possui uma habilidade de reset. Além disso, o caminho dele e da meio-elfa Emilia se cruzam, proporcionando acontecimentos que ele jamais poderia imaginar. Tudo isso em um belo e interessante mundo de fantasia que não faz feio ao apresentado na obra seguinte.

Leia a resenha de Re: Zero Kara Hajimeru Isekai Seikatsu.

 

Dungeon ni Deai wo Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka

Em Danmachi seguimos Bell Cranel, aventureiro que deseja subir de nível para erguer a família de sua Deusa, Hestia. Quanto mais Bell avança os andares da masmorra, mais vai entrando em combate com diferentes criaturas e vivendo experiências diversas, desde descobrir novas habilidades a formar laços com diversas garotas; construindo um harém capaz de rivalizar com o do protagonista da minha próxima indicação.

 

Toaru Majutsu no Index

Uma das light novels mais antigas da lista. Um verdadeiro clássico que mistura sci-fi e fantasia em um mundo no qual o punho de Kamijou Touma é o único capaz de anular tanto a ciência, quanto a magia. E é ao lado de Index e Misaka que o protagonista colegial vive várias aventuras, transitando sem pudor entre ambos os mundos enquanto cria conexões para uma vida toda. Um dos maiores clássicos das light novels, assim como o título seguinte.

 

Sword Art Online

Na história de SAO somos apresentados a Kirito, um gamer que fica preso no mundo de um jogo e precisa finalizá-lo para sair dali com vida. SAO é um clássico do gênero isekai que influenciou toda uma geração de obras que vieram após ele e aborda o tema da realidade virtual por meio do vrmmorpg. Aliás, minha próxima dica é um exemplo de light novel que também conta a história de quem foi parar no mundo de um jogo.

 

Log Horizon

No universo de Log Horizon somos apresentados a Shirou, Naotsugu e Akatsuki, jogadores que foram parar em um mundo similar ao do jogo Elder Tale e precisam se virar para coexistir com outros jogadores na mesma situação e o povo nativo desse mundo. O forte da obra é sua ótima construção de mundo, assim como o carisma de seus personagens principais e as situações do dia a dia que os aventureiros precisam encarar. Gamers como os protagonistas da próxima obra na fila.

Leia a resenha de Log Horizon.

 

No Game No Life

Shiro e Sora são dois irmãos que juntos formam Kuuhaku, o maior jogador de todos. Eis que em um belo dia o Deus de Dashboard, um mundo em que tudo é decidido na base de jogos, os invoca para seus domínios e os desafia a subir até o topo para derrotá-lo. Kuuhaku não conhece a derrota, assim como o autor brasileiro, sim, ele nasceu aqui, não conhece limites para a zoeira e as reviravoltas provocadas por protagonistas inteligentes capazes de mudar o mundo. Tão capazes como os da light novel seguinte.

Leia a resenha de No Game No Life.

 

Death Note: Another Note

Death Note é uma das mais populares franquias advindas de mangá no Japão e possui inúmeros spin-offs. Entre eles está Another Note – O Caso dos Assassinatos em Los Angeles, a história de um caso anterior a trama principal da série e que reúne o icônico investigador L e uma talentosa agente do FBI, Naomi Misora. Juntos eles precisam parar um serial killer e para tanto formar uma parceria inusitada, porém, marcante, mais ou menos como a do casal de protagonistas da próxima novel.

Leia a resenha de Death Note: Another Note.

 

Rakudai Kishi no Cavalry

Em Rakudai acompanhamos Ikki, um estudante aspirante a cavaleiro mágico em um mundo no qual a magia determina o que você será. Mas não para Ikki, alguém quase sem poder mágico, pois é ao lado de Stella, a princesa de um país distante que se torna sua companheira e rival, que ele vai trilhar um tortuoso caminho até o topo. Rakudai é uma história de batalhas cheia de superação e quebra de preconceitos, mas também um romance como o da minha penúltima indicação.

Leia a resenha de Rakudai Kishi no Cavalry.

 

Toradora!

Toradora! é uma história de tigre e dragão adaptada para os tempos modernos. Um romance em que cada um dos protagonistas, o diligente Ryuuji e a tsundere Taiga, gosta de outra pessoa, mas acaba envolvendo o outro em várias confusões que têm apenas um destino certo: o desabrochar do amor entre eles. Um romance colegial caiu bem no meio de tanta ação e aventura, né? Então que tal mais uma light novel em que o garoto é o personagem principal e a garota, a protagonista, para fechar com chave de ouro?

Leia a resenha de Toradora!.

 

Haruhi Suzumiya

Kyon seria um colegial como qualquer outro exceto pelo fato de se interessar pelo oculto, por aquilo que desafia o que é normal. É então que um dia ele conhece Haruhi Suzumiya e sua vida muda para sempre com as atividades que ele, Haruhi e seus outros colegas desempenham na Brigada SOS. Haruhi Suzumiya é um verdadeiro clássico, tendo tanto sido um sucesso de vendas, quanto solidificado uma base de fãs apaixonados até hoje; mesmo com a light novel tendo entrado em um hiato indefinido. Com certeza uma indicação adequada para fechar a lista com chave de ouro!

 

E aí, gostou? Se quiser compartilhar sua opinião sobre os títulos, deixar suas indicações ou simplesmente conversar um pouco sobre light novels pode ficar à vontade e usar nossa seção de comentários. Lembrando que aqui no blog há uma coluna em que escrevo só sobre light novels, então eventualmente devem rolar mais listas com esses livros que de fininho têm conquistado um espacinho todo especial ao lado dos animes e mangás em nossos corações.

 

Comentários