Nunca mexa com os livros de uma bibliotecária, essa é uma boa lição. Caso contrário, você pode morrer. Não, esse não foi um episódio sério, na verdade foi o mais descontraído até então. Um divertido, informativo e criativo episódio. Então, vamos a ele.

Ler o artigo →

O episódio já começou com uma notícia muito interessante, a Myne vai ter um irmãozinho! E por causo disso, animada com a notícia, a garota pensa em um presente. E não é surpresa para ninguém que ela só pensa em livros, ler, e principalmente, em ler livros. Então o presente é um livro, mas um livro ilustrado. Isso me deixou bem curioso, mas não foi o foco do episódio. E aliás, vamos a ele.

Ler o artigo →

Não tem como assistir esse episódio e não se lembrar de um certo programa, de um certo canal, e que tenho certeza que você conhece muito bem. Não nego que essa semelhança é engraçada, mas melhor do que fazer essa comparação após ver o episódio, é conseguir apreciar uma boa trama enquanto o vê. Então, vamos ao episódio de uma vez.

Ler o artigo →

Myne é uma garota simples, que só quer ler os seus livros tranquila em seu canto. Mas aonde quer que vá, ela sempre carregará consigo sua consciência, e dentro dela suas incertezas. É desse conflito com sua consciência que toda a trama do episódio se desenrola, e falando no episódio, vamos logo a ele.

Ler o artigo →