Bom dia!

No título do artigo dessa semana parafraseio Daiba Nana, que ao final de seu duelo com Hikari disse: “Starlight é uma tragédia”. O “Starlight” ao qual ela se refere é a própria peça que elas vão encenar.

No palco, cada atriz tem seu papel pré-definido antes mesmo da peça começar. Não importam os sonhos, anseios e sentimentos dos personagens, se está escrito que irão sofrer, irão sofrer. Se estiver escrito que irão triunfar, triunfarão. Protagonistas e coadjuvantes, heróis e vilões, tudo está escrito antes da peça começar.

Uma peça de teatro é um microcosmo em que vivem seus personagens, mas não foi feito para eles. Foi feito para o deleite do espectador. E talvez isso, mais do que as histórias encenadas, seja o que a ficção tem de mais parecido com a realidade.

O mundo não foi feito para você.

Ler o artigo →

Bom dia!

O primeiro rascunho do novo Starlight está pronto! As garotas estão super excitadas, tanto por ver todas as mudanças que foram feitas quanto por poderem ajudar nesse processo de mudança. Esse novo Starlight ficará melhor do que o antigo quando estiver pronto. As garotas também ficaram, cada uma a seu jeito, melhores. Por isso se enxergam na nova peça. Por isso todas elas estão tão animadas.

Bom, quase todas. Banana continua sorumbática.

Ler o artigo →

Bom dia!

Dois episódios focados em duas garotas diferentes, e contando com o anterior já são três episódios seguidos em que a Karen é apenas coadjuvante em seu próprio anime. Mas a Hikari é co-protagonista, então isso era necessário, certo?

E a Banana … quem diria!

Ler o artigo →

Bom dia!

Não deveria ser segredo para ninguém que ser bem nascido é uma vantagem competitiva inata. Se seus pais têm posses, você parte de um patamar superior na disputa diária contra pessoas vindas de berços mais humildes. Ao mesmo tempo, pode ser uma faca de dois gumes: de tão acostumados à facilidade, crianças de pais bem sucedidos podem se tornar complacentes e dar por garantido o que na verdade exige esforço. Caso não aprendam na idade certa a se esforçar por conta própria e dar o devido valor às coisas, podem acabar na ruína.

E isso não vale só para bens materiais. Existe um arquétipo muito comum em mangás e animes de garotas bem nascidas, mimadas e convencidas: a ojou-sama, cuja tradução literal é algo como “jovem dama”, no sentido de “filha do chefe” mesmo. Em Starlight, Kaoruko é a ojou-sama, e como todas de sua classe, precisou aprender que nem tudo na vida é de graça.

Ler o artigo →

Bom dia!

Você tem um sonho? Se não tiver não se preocupe, você não é obrigado a ter um sonho, não importa quantos anos tenha. A vida já é complicada o bastante sem nos cobrarmos por coisas abstratas e complicadas como “sonhos”. Mas adolescentes se aproximando da vida adulta costumam ter sonhos, ou pelo menos uma vaga noção do que esperam para o futuro. É típico da idade, e histórias como Shoujo Kageki Revue Starlight são escritas especificamente para tratar disso: a crise entre os sonhos adolescentes e a realidade do mundo.

Ler o artigo →

Bom dia!

Em animes, normalmente personagens que chegam para causar desarranjo no status quo, como a Hikari, chegam com um senso de propósito e objetivos bem claros. Eles podem não saber de tudo, mas sabem muito bem o que estão fazendo.

A Hikari parece que não sabia isso direito. Em outra nota rápida, primeiro episódio sem um combate, o que achou disso? Starlight poderia se sustentar sem as batalhas surreais?

Ler o artigo →

Bom dia!

Esse anime está sendo fantástico, não está? Só não digo que é uma surpresa porque eu não fui surpreendido. Se você leu o artigo de expectativas para o Café com Anime dessa temporada, sabe que eu podia não saber muito bem sobre o que se tratava a história, mas tudo indicava que estava vindo coisa boa por aí. E veio.

Shoujo Kageki Revue Starlight se junta assim a Angolmois e Banana Fish no clube dos animes que eu vou cobrir nessa temporada. Ainda falta um! E é bem fácil adivinhar. Não deixe de ler também os artigos dos meus demais companheiros de blog sobre os animes que eles estão cobrindo aqui no Anime21.

Agora, Starlight.

Ler o artigo →

Música, dança e atuação são elementos essenciais para um artista se destacar no teatro ou na televisão. É claro que uma atriz ou um ator não é obrigado(a) a dominar esses elementos citados, mas quem os domina pode se considerar um artista completo.

Ler o artigo →

Bom dia!

Já bem dentro da temporada (mas nem terminaram de estrear os animes todos, então isso não é um problema … eu acho) publico aqui as expectativas para essa temporada que temos no projeto Café com Anime.

Participamos do Café com Anime eu, desse blog Anime21 que você está lendo, bem como o Diego do É Só Um Desenho, o Gato de Ulthar do Dissidência Pop, e o Vinicius do Finisgeekis. Nós conversamos todas as semanas sobre alguns dos animes da temporada, e a transcrição da conversa é publicada nos nossos blogs – um anime por blog.

Nessa temporada o Finisgeekis irá publicar Happy Sugar Life, o Dissidência Pop irá publicar Hanebado!, o É Só Um Desenho irá publicar Shoujo Kageki Revue Starlight, e aqui no Anime21 publicarei Banana Fish.

No primeiro bate-papo explicamos as nossas escolhas e o que esperamos dos nossos animes.

Ler o artigo →